CD Adélia Prado – O Sempre Amor

R$ 50.00

Com roteiro assinado pela própria Adélia Prado, O Sempre Amor traz os poemas na voz da própria autora: Para cantar o saltério; Uma vez visto; A serenata; Amor; O amor no éter; Memória amorosa; Pranto para comover Jonathan; Os lugares comuns; Bilhete em papel rosa; Para o Zé; Casamento; Psicórdica; Um jeito; A meio pau; Corridinho; Amor Feinho; Bairro; A terceira via; Raiva de Jonathan; Mais uma vez; Amor violeta; Matéria; Formas; O encontro; A santa ceia; O conhecimento bíblico; O sacrifício; A batalha; O sempre amor – selecionados dos livros: Bagagem; Terra de Santa Cruz; O Pelicano; A faca no peito e Coração Disparado.

Os poemas foram gravados por Adélia Prado em abril de 2001. A trilha sonora surgiu após a inspiração trazida pela grandiosidade do texto. Convidado pelo selo Karmim, Mauro Rodrigues, também diretor musical da produção, compôs a trilha, especialmente para o disco.
O ‘Poema Orquestral’, gravado em setembro de 2002, é executado pela Orquestra de Câmara do Sesiminas e pelos músicos convidados: Carlos Ernest Dias (oboé), Fernando Rocha (vibrafone) e Mauro Rodrigues (flauta). O projeto gráfico do disco é assinado por Walter Santos e Júlio Conradi e vem acompanhado de libreto contendo todas as poesias nele gravadas.

Fora de estoque